TODAS AS DICAS
INÍCIO DICAS

27 de fevereiro de 2018

Treinos em ondas pequenas para melhorar o surf

CONFIRA

Por que há ondas menores no verão?

A mudança no tamanho das ondas é explicada pelo anticiclone dos Açores, que se move para o norte todo verão. A baixa pressão no Atlântico Norte, portanto, se torna menos frequente e a ondulação menos consistente. Então, a cada verão as ondas maciças causadas por tempestades de inverno dão lugar às pequenas ondas de vento, menos poderosas e “macias”.  Por isso os treinos em ondas pequenas se fazem necessários: para você aproveitar ao máximo essas pequenas ondas, melhorar sua técnica e continuar se divertindo.

Melhore sua técnica de surf com treinos em ondas pequenas

Para melhorar o seu surf, você deve se adaptar a todos os tipos de condições de onda. Para isso, verifique as pranchas apropriadas para treinos em ondas pequenas de verão.

1. Prática de surf com pranchas volumosas

Uma prancha com mais volume facilita a remada e a saída mais rápida em ondas mais leves, chamadas de “ondas moles”.

Longboard: surf em ondas menores e mais fracas

LongboardTreinos em ondas pequenas
Com uma prancha longboard você consegue “sair antes” do que se estivesse com uma prancha pequena, quando a onda está apenas começando a se formar. Quando todos os outros surfistas em pranchas pequenas estão atrás de você, uma longboard permite que você pegue a onda por mais tempo, mesmo em pequenas ondas fracas.

Twin fish” ou “mini simmons: carga no shorebreak

Curtas, arredondadas e com volume, estas pranchas de surf são perfeitas para se divertir e dividir pequenas ondas de verão perto da praia. Mais e mais surfistas estão trocando as longboards por essa pranhca por sua manobrabilidade e seu tamanho compacto.

Às vezes, configurada como uma biquilha, essas pranchas não têm muita envergadura, porém têm boa flutuabilidade e, acima de tudo, permitem que você faça manobras mais facilmente do que com qualquer outra prancha.

Ao contrário de uma longboard, esses tipos de prancha são difíceis de navegar em ondas maiores e vazias. Surfar no shorebreak, no entanto, não é recomendado se você é iniciante, pois esse tipo de onda geralmente se quebra violentamente na areia e tem uma contracorrente bastante poderosa.

2. Aprenda a gerar velocidade quando surfa

Antes de tentar adicionar ao seu repertório movimentos de surf, é importante lembrar que gerar velocidade é fundamental para arrancar com sucesso e executar manobras. A velocidade permitirá navegar nas ondas por mais tempo, pegar energia, mudar de direção e executar suas primeiras manobras.

As ondas fracas permitem que você pratique o aumento da sua velocidade. Desta forma, quando as ondas mais ocas retornam, os resultados serão exponenciais!

Exercício de treinamento de surf: a parte superior

Aquecimento: bodysurfing

Bodysurfing é a base do surf. Antes de começar a surfar, pegue algumas ondas sem nadadeiras perto da praia. Deixe-se deslizar, com os braços abertos à sua frente. Este exercício de aquecimento antes de surfar é particularmente útil para os surfistas iniciantes, pois melhora a forma como você lê a onda e reforça a noção de tempo. Na verdade, uma vez no intervalo, não esperamos até o último minuto para pegar a onda; quanto mais cedo o surfista começar a remar, menor será a chance de perder a onda.

Uma vez de pé na sua prancha de surf, você tem duas opções para surfar:

  • Posicione-se no meio da onda e vá na mesma velocidade que ela.
  • Seja ativo com a sua prancha para ir mais rápido do que a velocidade da onda que quebra.
  • Bombear ou “carregar”: coloque o peso do seu corpo na sua perna da frente para ganhar velocidade.
  • Começando a sua vez na parte inferior da onda.
  • Cutback“: virada para a parte mais cheia da onda.
  • A combinação dessas ações faz com que você atinja a velocidade máxima.
  • Executando uma manobra no final da onda: por ordem de dificuldade: reentrada, floater ou aéreo.

Treinos em ondas pequenas carregu

Treinos em ondas pequenas reduzTreinos em ondas pequenas manobrContinue praticando fora d’água

Surfar fortalece mais os membros superiores do que os inferiores. No entanto, para realizar o exercício acima, você precisará de poder explosivo. Continue treinando fora da água, fazendo agachamentos e bike.

Resultado: com as pernas mais tonificadas, os seus rolamentos serão mais firmes à medida que você tenta ganhar velocidade e você terá um melhor controle sobre sua trajetória.

3. Faça novas manobras de surf

Manobras de longboard noseriding

Noseriding é o “rei do mundo” das manobras de longboard. Esse movimento consiste em se mover para a parte da frente da sua prancha, o nariz. Há duas variações de noseriding: o “hang-ten“, no qual você coloca seus dois pés alinhados com o “nariz” da prancha e o “hang-five” com apenas um pé na frente.

Treinos em ondas pequenas nos

Mover-se para frente da sua prancha é bom para ganhar velocidade quando a onda perde potência, mas a manipulação torna-se mais difícil.

A dificuldade desse movimento fica na transferência do peso do surfista para a frente da prancha, o que deve ser feito gradualmente, em pequenos passos cruzados. Assim que a prancha começa a dar o nosedive, o surfista deve transferir o peso do corpo ligeiramente para trás ou, até mesmo, dar um passo para trás.

Nota: este exercício pode ser feito em uma prancha com bico de concha, preferivelmente uma longboard.

Treinos em ondas pequenas deitado

Treinos em ondas pequenas agachad

Treinos em ondas pequenas em p

Treinos em ondas pequenas cruza

Treinos em ondas pequenas nari

Treinos em ondas pequenas volta

Treinos em ondas pequenas também é diversão!

Surf na espuma: divirta-se com segurança

Conheça as vantagens da prancha de espuma, ideal para surfar no verão:

  1. Estável graças ao seu grande volume: é a prancha para aprender a navegar e pegar um máximo de ondas sem frustrações.
  2. Mais durável do que uma prancha clássica graças à sua construção de espuma reforçada: você não arriscará quebrar a sua prancha se for navegar no shorebreak.
  3. Reduz o risco de acidentes: um detalhe que se torna importante durante um surf de verão, quando o mar pode ficar muito lotado.
  4. A placa de espuma é mais acessível para pequenos orçamentos, devido ao seu design mais simples do que uma prancha de epóxi ou poliéster.

Treinos em ondas pequenas pranch

Resumindo, surfar com uma prancha de espuma no verão quando você é experiente é uma ótima forma de se divertir com amigos ou famílias e tentar novas manobras sem correr o risco de quebrar sua prancha ou se machucar.

Depois dessas dicas de treinos em ondas pequenas que tal cair na água e treinar?

Boas ondas!

PRODUTOS RELACIONADOS

VER PRODUTOS PARA Surf
Leash para Surf 6' (183 cm) diâmetro 7 mm

COMENTÁRIOS (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AVALIE ESTA DICA

DICAS RELACIONADAS