TODAS AS DICAS
INÍCIO DICAS

19 de dezembro de 2016

SACO DE PANCADA: EVITANDO AS LESÕES

CONFIRA

saco-de-pancada-copy

Devido a sua importante ativação tanto muscular quanto cardiovascular, a utilização do saco de pancada se tornou um pilar dentro do treinamento, não só nos esportes de combate, mas também da condição física em geral, por se tratar de uma ferramenta de grande utilidade para melhorar nossa técnica esportiva e nossas capacidades físicas.
Apesar disso, o elevado impacto aos quais se submetem nossas articulações durante os diferentes golpes podem desencadear desde pequenos incômodos até lesões mais complexas se não dispormos do equipamento adequado ou se não realizamos uma execução correta das técnicas empregadas.
Equipamentos necessário:
• Luvas específicas para saco, também conhecidas como “luvas bate saco” Proporcionam um amortecimento necessário para evitar que o impacto do golpe seja transferido em sua totalidade para nossas articulações. Além disso, cobrem a zona dos nós do dedo, evitando o aparecimento de machucados ou feridas provocadas pelo contato direto da pele com o saco.
Luvas de boxe: oferecem as mesmas vantagens que as anteriores, mas determinados modelos não estão preparados para o contato com o saco e podem se deteriorar com maior rapidez. A Decathlon e a Outshock oferecem as luvas ideias para seu treino.
Bandagens e mitenes: são de grande utilidade para proteger os ligamentos, músculos e tendões do pulso e nós dos dedos.

Execução correta dos golpes de boxe clássico:
Posição do pulso: sempre alinhada com o cotovelo para transferir o impacto ao longo de todo o braço e evitar a tensão excessiva na articulação. Além disso, inclinaremos ligeiramente o punho para baixo com um gesto similar ao de desacelerar uma moto. Deste modo, o contato será com os nós e não com as bases das falanges.
Evitar bloqueio no cotovelo: ao jogar o braço, o cotovelo deve alcançar uma extensão quase completa, sem chegar a encaixar por completo a articulação, já que gera uma tensão desnecessário que pode se tornar muito lesiva.
Contrair a musculatura no final do percurso: quando nosso punho se encontra a poucos centímetros do saco, contraímos toda a musculatura do mesmo para reforçar nossas articulações diante do impacto que se produzirá instantes depois.
Envolver o quadril no golpe: acompanha o braço, girando todo o tronco e inclusive a perna para estabilizar a postura, fornecendo maior equilíbrio, potência e segurança.
AGORA ALGUNS EXERCÍCIOS PRÁTICOS!
Para que você possa praticar tudo o que foi mencionado anteriormente, propomos a você combinações muito simples, empregando os três tipos de golpes mais comuns no boxe, partindo sempre da clássica posição de guarda (pé não dominante ligeiramente à frente, joelhos ligeiramente flexionados, punhos fechados na altura do rosto, mão dominante ligeiramente à frente).
Vamos lá!
• Exercício 1: Jaw + direto cruzado, são 2 golpes diretos na altura de nossa testa alternando ambos os braços.

• Exercício 2: Jaw + direto cruzado + gancho, é o prolongamento da combinação anterior, adicionando um golpe lateral cruzado ao final.

Esperamos que este pequeno guia sirva para nocautear os incômodos e lesões que podem aparecer quando você realiza seus esportes de combate. Vá em frente, coloque-os à prova e compartilhe conosco suas dúvidas e impressões.
Agora é aproveitar o esporte!

Luvas, bandagens, mitenes, sacos de pancada. A Outshock e a Decathlon oferecem as melhores proteções para seu treino de boxe!

Luvas, bandagens, mitenes, sacos de pancada. A Outshock e a Decathlon oferecem as melhores proteções para seu treino de boxe!

COMENTÁRIOS (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DICAS RELACIONADAS