TODAS AS DICAS
INÍCIO DICAS

7 de dezembro de 2016

Como escolher seu waveboard

CONFIRA

Tente um novo tipo de slide com seu waveboard. Este tipo de skate incomum pode levá-lo aonde você quer ir sem você nem ter que colocar um pé no chão.

Dê uma lida em nossas várias dicas para escolher o melhor modelo para atender às suas necessidades ou às de seus filhos.

WAVEBOARDS: DESLIZANDO SOBRE DUAS RODAS

O waveboard é uma tipo de skate muito original, porque ele só tem duas rodas e, além disso, é articulado.Isso permite que você consiga coisas completamente diferentes das que você faria em um skate clássico ou até mesmo em um longboard ou em um cruiser. Os waveboards são ótimos para iniciantes.

Você pode até conseguir waveboards específicos para crianças e adultos. Cada membro de sua família pode aproveitar ao máximo do deslizando na plataforma, qualquer que seja a altura deles. Tal como acontece com os outros tipos de skates, é importante vestir-se com a roupa e os calçados certos e, especialmente para as crianças, com as joelheiras e capacetes de proteção corretos.

Também conhecido como um skate com rodízio, o waveboard é composto por duas plataformas separadas, mas articuladas, que permitem que você crie um movimento ondulado. As duas rodas podem igualmente girar 360°.

Dica: A técnica para andar em um waveboard é um pouco diferente, porque você pode se mover para frente sem colocar o pé no chão. Trata-se de usar os calcanhares e dedos para criar o movimento correto para impulsioná-lo para frente. Os waves são tão bons em conduzi-lo de um ponto A até um ponto B como são para executar truques.

wave1

A PLATAFORMA E A BARRA DE TORÇÃO CORRETAS

Antes de escolher seu waveboard, você precisa saber a altura do usuário. Na verdade, existem pranchas diferentes para crianças abaixo dos 1,40 m de altura e adultos com altura superior a 1,40 m.

As plataformas côncavas são o melhor tipo. Eles são mais confortáveis, tendo a vantagem de dar-lhe mais controle sobre seus movimentos.

O nariz e cauda (as duas extremidades da plataforma) devem ondular levemente. Isto vai ajudar você a realizar mais manobras e tirar o máximo proveito. Também é importante que seu waveboard tenha alças. Estes emplastros antiderrapantes na plataforma impedirão que você escorregue.

Finalmente, a prática de skate com waveboard também é um estilo de vida! Essas pranchas, então, apresentam-se em todos os tipos de formas e em cores diferentes para que elas possam se tornar uma roupa esportiva adequada.

A barra de torção, que permite à prancha realizar seu movimento de torção, também é algo que você precisa verificar. Ela precisa ser resistente, mas também deve fazer movimentos diferentes, fáceis de fazer. É o que une as duas metades da prancha. Você pode verificar seu desempenho facilmente fazendo um teste.

wave2

RODAS E ROLAMENTOS

Exatamente como com um skate, as rodas e os rolamentos são dois elementos que precisam ser escolhidos de acordo com suas necessidades pessoais. Nem todo mundo tem os mesmos desejos e necessidades em termos de conforto e velocidade.

As rodas do waveboard giram 360°, assim, você tem controle total sobre a prancha, pode fazer cargas de truques e também ter ótimas sensações através da prancha, semelhantemente ao surfe ou ao snowboard. A dureza da roda deve ser levada em conta. Quanto mais macias forem as rodas, mais confortável será um waveboard e será a mais adequada para iniciantes. Quanto mais duras forem as rodas, mais rápidas serão, mas você vai sentir mais vibrações. A dureza da roda é medida usando-se uma escala composta por um número e a letra A. Ela varia de 65A (a mais macia) a 100A (a mais dura). Como os rolamentos, elas são pontuadas em uma escala ABEC. Para as crianças, você deve partir para rolamentos ABEC 1 ou 3, que as impedem de pegar muita velocidade. Os iniciantes adultos preferem rolamentos clássicos como o ABEC 5. Finalmente, os experientes vão querer partir para o ABEC 7 e 9. Este tipo de rolamento pode atingir velocidades muito maiores, mas não oferecem uma corrida tão confortável.

Confira o modelo para iniciantes no waveboard.

COMENTÁRIOS (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *