TODAS AS DICAS
INÍCIO DICAS

17 de abril de 2019

As 10 regras de ouro de segurança para seu trekking

CONFIRA

Se você já leu livros de aventura, com certeza já deve ter lido algum que contava a história de alguma tragédia, como por exemplo a escalada de 1996 retratada no livro “No Ar Rarefeito, de John Krakauer”, ou então a loucura que foi a descida de uma montanha peruana em “Tocando o Vazio”. Você deve ter questionado o fator de segurança para seu trekking, certo? Não se deixe impressionar por essas histórias. Elas são realmente trágicas, mas não são a regra de uma viagem de aventura.

Mas então, qual o limite entre fazer uma aventura segura ou se enfiar em uma roubada? As vezes, esse limite é uma decisão errada. Ou então um equipamento inadequado. Ou será a falta de experiência?!

As 10 regras de ouro de segurança para seu trekking:

1.  Planejamentosegurança para seu trekking: estudo e planejamento

Essa é a regra que engloba tudo que eu vou falar daqui pra frente. Planejamento é o que faz com que você se prepare para as adversidades que você pode encontrar pelo caminho. Planejamento é a base da segurança para seu trekking.

2. Estude

Saber para onde você vai é essencial. Mas não adianta falar “Vou pra Serra dos Órgãos”. Isso não é saber para onde você está indo, isso é saber o nome do lugar que você vai. O “estudar” nos leva à próxima regra.

3. Saiba quando ir

No Brasil temos duas temporadas muito bem definidas:

Verão (Outubro a Março) – Que é quando rolam os principais trekkings no litoral e nas cachoeiras. Ótima época para ir para Mata Atlântica curtir um banho de rio (se o tempo estiver bom);

Inverno (Abril a Setembro) – Essa é a famosa ATM – Temporada de Montanha, onde temos grandes períodos de tempo firme e sem chuvas, ou seja, podemos subir nos picos mais altos com risco menor de pegar uma tempestade de raios (falando em segurança para seu trekking, não queremos raios quando estivermos na montanha, né?!).

4. Veja a previsão do tempo

Sim, a previsão do tempo é essencial para realizar um trekking. Apesar de não ser 100% confiável, ela te dará informações cruciais sobre o que você vai enfrentar naqueles dias que você estará caminhando e te ajudará a definir o próximo item.

5. Escolha os equipamentos corretos

A partir dessas informações que você já levantou, a escolha de equipamentos corretos é uma forma de você se preparar e carregar menos peso. Imagine que você vai acampar no Vale do Ruah, na Serra Fina (um dos lugares mais frios do Brasil) e levou um saco de dormir com temperatura pra 15ºC… Aí “azedou o pé do angú”. Ou se você leva uma barraca de alta montanha pra uma travessia da Ponta da Joatinga… Vai passar um calor danado!

6. Pegue dicasSegurança para seu Trekking: pegue dicas

O que não faltam são relatos na internet de gente que provavelmente já fez o trekking que você quer fazer. Tem dicas muito valiosas de segurança para seu trekking que farão você saber o que vai enfrentar naquela jornada e é aí que entra a próxima dica.

7. Se prepare para o perrengue

Você já montou sua mochila, já viu a previsão do tempo, decidiu que é a época certa. Mas você sabe o que pode acontecer com você?! As dicas que você vai conseguir nos relatos, vão te dizer se você deve levar corda, cadeirinha, mosquetões, perneiras, que tipo de material precisa ter no seu kit de primeiros socorros, quanto de água você precisará carregar… Essas são informações que vão te preparar para um possível perrengue. O melhor é não passar perrengue e o segundo melhor é, se passar perrengue, estar preparado pra ele.

8. Mapa, GPS, bússola, estrelas ou um guia experiente

Quer fazer sozinho?! Além dos relatos, estude mapas, altimetria, leve um GPS com o tracklog, saiba usar uma bússola, aprenda a se guiar pelas estrelas, enfim, tenha meios de se “encontrar” durante o trekking para não começar a andar no Monte Roraima e terminar em Foz do Iguaçu. 😛 Tem preguiça, não quer ter essa responsabilidade de navegar por mapas e GPS’s ou simplesmente prefere ter um guia?! Escolha um guia ou uma empresa que tenha experiência, que pratique turismo sustentável e que te leve e te traga de forma segura.

9. Comida e hidrataçãoSegurança para seu Trekking: alimentação e hidratação

Se alimentar bem e se hidratar corretamente, farão com que você vá mais longe e esteja mais forte. Coma alimentos saudáveis, deixe a preguiça de lado e cozinhe na montanha. Se você se sente bem comendo macarrão instantâneo, ótimo! Mas comer isso todo dia pode te trazer falta de vitaminas e proteínas. Água, água e água. Sim, se hidratar corretamente é imprescindível pra um trekking confortável. Cansou de tomar água? Leva aqueles sachês de sucos. Sabe uma dica bem legal? Levar uma latinha de Coca Cola pra tomar quando estiver MUITO cansado. Dá um ânimo louco. Ah, pra minimizar as chances de ter um piriri, álcool em gel sempre e purificador de água em gotas! 😀

10. Divirta-se

Vá fazer um trekking porque é divertido, desafiador, inspirador. Vá com os amigos, familiares e/ou filhos. Tenha um momento só para você, mas faça isso porque é legal, porque o desafio é massa, porque você se sentirá bem com isso.

Essas são as regras que eu considero as mais importantes quando o assunto é segurança para seu trekking. Mas, uma última como adendo é:

Respeite as regras e os outros

Temos muitos Parques Nacionais e unidades de conservação com regras preestabelecidas que devem ser seguidas. São medidas elaboradas para uma aventura segura e para o bom convívio de todos. Se está escrito que não pode levar bebida alcoólica, até uma garrafinha pequenininha de vinho estará proibida né amiguinho?!

Todo mundo está naquele trekking junto, mesmo que você não conheça aquela criatura! 😉

Respeito mútuo para um trekking animal!

Isso aí turma, pratique aventura segura, só assim o trekking fica divertido para todos, não só para você.

Boas aventuras!

Bruno de Masredon Parceiro técnico - Agência AventuristaBruno de Masredon, da agência Aventurista.
www.aventurista.tur.br

PRODUTOS RELACIONADOS

Ver tudo para Trilha e Trekking

COMENTÁRIOS (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AVALIE ESTA DICA

DICAS RELACIONADAS